Com este friozinho, nem pensar ficar descalço por aí! Uma meia gostosa e quentinha se torna fundamental e muitas vezes, os pequenos e adultos acabam se esquecendo do chinelinho e as meias que deveriam ficar brancas ficam levemente escurecidas, né?!

Para acabar com este problema, e ter sempre nas gavetas meias branquinhas de verdade, separei no site da OMO (clique) algumas diquinhas, vamos lá:

1) Procure agir rápido: As meias brancas parecem atrair a sujeira, e mesmo quando usadas com sapatos, elas podem absorver a coloração do material e manchar. Tarefas como lavar meias brancas ficam mais fácil se você agir rápido – isso evita da sujeira secar ou impregnar na meia. Se você não tiver uma quantidade grande o suficiente de meias para lavar, pode ser uma boa ideia deixá-las de molho em uma bacia com água fria e um pouco de OMO Multiação. Dessa maneira, o encardido vai começar a se soltar das fibras do tecido, antes mesmo da lavagem e você vai “juntando” as meias.

2) Tenha praticidade, resolva as manchas diretamente na máquina: Para quem quer aprender como lavar meias, a primeira dica é investir em um sabão de qualidade para que você não perca tempo. Escolha um sabão com indicação de tira manchas para usar até no ciclo rápido da máquina. Lembre-se de separar as meias brancas das coloridas, e evite lavá-las do lado do avesso, já que isso dificulta a eliminação da sujeira. Para obter melhores resultados, leia as instruções de uso e dosagem no rótulo dos produtos.

3) Evite lavar as meias no tanque: Esfregar as meias demais pode estragar os fios e o elástico. A melhor estratégia caso você precise lavá-las no tanque, é deixá-las de molho. Depois prossiga com a lavagem, esfregando as meias suavemente com uma escova macia. Evite torcer ou esticar demais as meias para não correr o risco de deformá-las. Por fim, enxágue bem com água para retirar todos o excesso de sabão.

4) Seque bem e de preferência ao sol: Secar bem as meias é fundamental para que elas não fiquem malcheirosas ao longo do tempo. Antes de estendê-las, sacuda uma a uma para retirar o excesso de água. Estique as meias com cuidado para que elas recuperem seu formato natural e pendure no varal pelos dedos. Isso vai ajudar que elas não fiquem duras e desconfortáveis na hora de calçar. Se possível, prefira secar as meias brancas diretamente ao sol para que elas recuperem ainda mais a brancura do tecido.

5) Outros cuidados: Depois de bem secas, é a hora de guardar as meias. Se você tem o hábito de passá-las, utilize o ferro em uma temperatura bem baixa para não danificar o elástico. O ideal é guardar as meias em pares, para que você não perca tempo na hora de se vestir. Coloque uma sobre a outra na mesma direção, dobre a partir do calcanhar, e faça rolinhos não muito apertados. Coloque os rolinhos dentro da gaveta na vertical, e se precisar, utilize nichos para deixar as meias ainda mais organizadas.

04