Considerada uma das mais belas cidades do mundo, Vancouver é ideal para quem quer passear, estudar e apreciar a natureza. Além de exalar qualidade de vida, é uma das cidades mais prósperas do Canadá.
Caminhar e pedalar são regras do dia a dia na terceira maior cidade do país. Existem vários estabelecimentos de aluguel de bicicletas e equipamentos para mountain biking, escaladas e trekking.
Tirar fotos junto aos totens, andar de charretes e apreciar uma amostra de Mata Atlântica cultivada num ecossistema artificial criado pelo Aquário de Vancouver são algumas das atividades oferecidas.
No inverno, a região de Vancouver oferece o melhor para os amantes do esqui. As estações mais famosas ficam em Whistler Village, rodeada por enormes montanhas com mais de 200 pistas de esqui e trilhas. O Village é além de tudo um grande charme, e oferece aos visitantes teleféricos, restaurantes, resorts, cafés e lojas.

0.Vancouver

Para conhecer:

– Capilano Supension Bridge:  É uma ponte suspensa sobre o Capilano Canyon, que abriga uma densa floresta. Há mais de um século, George Mackay e sua esposa construíram sua cabana nas montanhas ao redor do cannyon e não tinham como atravessá-lo. Com a ajuda de nativos e outros pioneiros, construíram a primeira e mais rudimentar ponte. No decorrer das décadas, a ponte serviu de rota para o comércio, estudo da fauna e flora da região e concentração da arte e entalho em cedro, de máscaras a imensos totens. A ponte atual, construída em 1956, tem resistência de liga de aço e suporta pesos extraordinários. Ponto turístico indispensável para aprender sobre biodiversidade, conhecer a história dos desbravadores canadenses e comprar artesanato regional.

1. Passeios - Capilano Supension Bridge

– Stanley Park: Maior parque urbano da América do Norte e o queridinho de Vancouver. Em meio à paisagem urbana da cidade, os 400 hectares de floresta natural abrigam diversas trilhas, belos jardins e lagos.

1. Passeios - Stanley Park

– Gastown: Berço da cidade de Vancouver é um bairro datado de 1886 cuja arquitetura dos velhos prédios e galpões construídos de tijolos existe até os dias atuais. O bairro desenvolveu-se através do transporte ferroviário que facilitava o transporte e comércio de produtos até o porto da cidade. Um projeto no início de 1970 restaurou seus edifícios, mantendo as ruas com suas originais lanternas, iluminadas por tochas que simulam o uso de gás. Hoje Gastown concentra restaurantes, lojas, cafés, galerias de arte, lojas de souvenires e mantém seu mais famoso marco, o Steam Clock, um grande relógio a vapor que apita e solta vapor a cada 15 minutos.

1. Passeios - Gastown Steamclock 1. Passeios - Gastown

– Granville Island: É uma pequena ilhota, a 5 minutos do centro de Vancouver, que preservou a mistura de origem marítima e história industrial para transformar o local num agradável ambiente, onde se encontram o mercado de alimentos, cafés, ateliês de artistas, todos embalados por agradável música ambiente. Aqui também há um teatro, o museu de pesca e aeromodelismo, e uma Escola de Arte, Design e Centro Comunitário Emily Carr – artista canadense que interpretou a cultura e a arte dos povos Haida da região Northwest Coast.

1. Passeio - Granville Island(2) 1. Passeio - Granville Island

Para se deliciar:

Sandbar Seafood Restaurant (clique):  Localizado no centro de Granville Island, abaixo da Ponte de Granville Street, este restaurante está abrigado em um edifício de arquitetura intrigante. Seu cardápio é rico em pratos feitos com peixes frescos locais, com influências da culinária internacional. 1026, Granville Street. Vancouver. Tel: 1 604 669903.

2. Restaurantes - Sandbar Seafood Restaurant

Coast (clique): Fresquíssimos peixes, sushis, mariscos e torres de frutos do mar perfeitamente preparados fazem a fama do Coast. Com atmosfera animada, o restaurante possui diversos ambientes, dentre os quais uma sala de jantar privativa e também um bar, onde são servidas ostras e drinques. 1054, Arberni Street. Vancouver. Tel: 1 604 685 5010.

2. Restaurantes - Coast

Joe Fortes (clique): Apresenta uma variada seleção de pratos, incluindo carnes e massas para quem não é fã de frutos do mar. Com atmosfera viva e sempre cheio, este restaurante é muito popular entre os executivos da cidade. 777, Thurlow Street. Vancouver. Tel: 1 604 6691940.

2. Restaurantes - Joe Fortes

Para relaxar:

–  Rosewood Hotel Georgia: O Rosewood Hotel Georgia é um dos hotéis mais tradicionais de Vancouver. Inaugurado na década de 1920, ele foi recentemente renovado, aliando o conforto moderno, cheio de tecnologia, ao estilo clássico que marca seu design. Pelos seus salões já passaram personalidades da realeza, música e cinema. Situada no coração de Vancouver, a propriedade apresenta design interior contemporâneo, refletido nos quartos e suítes. O hotel ainda conta com spa, fitness center e piscina interna. Para aproveitar melhor a cidade, o hotel destaca um curador especial, que apresenta para os hóspedes dicas dos melhores programas artísticos e gastronômicos de Vancouver.

3. Hotéis - Rosewood Hotel Georgia(2) 3. Hotéis - Rosewood Hotel Georgia

– Fairmont Pacific Rim Vancouver: Com bela vistas para as montanhas, no centro de Vancouver, o Fairmont Pacific combina design contemporâneo e conforto clássico nas suas instalações. O hotel conta com o Willow Stream Spa, um spa urbano que oferece terraço privativo, jacuzzi, sauna e fitness center, além de tratamentos especiais para rejuvenescimento e relaxamento. Na gastronomia, bares e restaurantes de influência italiana se destacam com vistas incríveis da cidade.

Fairmont Hotel by James KM Cheng Architects 3. Hotéis - Fairmont Pacific Rim Vancouver

(fonte e imagens: teresaperez.com.br)

assinatura_tpt (3)