AmareloOuroPor Thais Decoussau

Receita que vale ouro: Bolo de árvore de Natal

Amo Casa, Posts, Servir bem 10 de dezembro de 2015

Que tal fazer uma sobremesa especial para as crianças nesta ceia de Natal!?

A pauta chegou da cozinha experimental do Açúcar União e achei que seria uma ótima ideia trazer para vocês! Além de ter o formato da árvore de Natal, o bolinho tem frutas cristalizadas na receita, o que tem a cara do Natal!

15

Ingredientes –  Bolinho:
– ¾ xícara (chá) de manteiga em temperatura ambiente (135g)
– ½ xícara (chá) de açúcar demerara União Naturale (90g)
– 3 ovos (cerca de 180g)
– 1 colher (chá) de essência de laranja (5 ml)
– 1 e ½ xícara (chá) de farinha de trigo (165g)
– ½ xícara (chá) de leite (100 ml)
– 1 colher (sopa) de fermento em pó (10g)
– 1 xícara (chá) de frutas cristalizadas (135g)
– 2 colheres (sopa) de uvas passas pretas sem sementes (30g)

Ingredientes – Glacê:
– 5 claras (165)
– 1 ¼ xícara (chá) de açúcar de confeiteiro União Glaçúcar (250g)
– 2 e ¼ xícaras (chá) de manteiga sem sal em temperatura ambiente (405g)
– 1 colher (sopa) de essência de baunilha (15ml)
– 3 gotas de corante em gel verde escuro

Montagem:

– 12 casquinhas para sorvete
– Confeitos coloridos.

Modo de Preparo –  Bolinho:
– Bata na batedeira, a manteiga com o açúcar demerara União Naturale até formar um creme fofo e o açúcar se dissolver. Acrescente os ovos, um a um, e a essência de laranja e bata até virar um creme homogêneo. Desligue a batedeira e aos poucos adicione alternadamente a farinha e o leite. Junte o fermento, as frutas cristalizadas e as uvas passas e misture delicadamente. Distribua a massa nas forminhas de papel preenchendo apenas ¾ da sua capacidade, para que não transbordem. Asse no forno preaquecido (180°C) por 15 minutos ou até que um palito, depois de espetado na massa, saia seco. Retire do forno e reserve até esfriar.

Modo de preparo – Glacê:
Em uma tigela, misture as claras com o açúcar de confeiteiro União Glaçúcar e cozinhe em banho maria mexendo bem, até que as claras percam a viscosidade. Em seguida bata a mistura na batedeira até formar um merengue em picos firmes e que esteja totalmente frio. Adicione metade da manteiga e bata até incorporar. Em velocidade baixa adicione a outra metade da manteiga, a essência de baunilha e o corante verde e bata até ficar homogêneo.

Montagem
Coloque o glacê verde em um saco de confeitar com o bico pitanga pequeno e faça um círculo em um bolinho do tamanho da casquinha de sorvete para fixa-la. Com o saco de confeiteiro inclinado, faça pequenas pitangas em volta de toda casquinha, formando as folhas da árvore de natal. Decore com os confeitos e sirva em seguida.

16

Dica
Decore com confeitos em formato de letras e escreva: “Feliz Natal” ou o nome dos seus convidados e use a árvore para marcar os lugares na mesa na hora da ceia.

Para este receita, tenha em mente que a xícara vale 200 ml, os recipientes são forminhas de papel marrom com 6,5 cm de diâmetro e a temperatura e tempo de forno: Média (180°C) / 15 minutos. A receita rende 12 porções.

Dicas para sair de férias com os pequenos

#AMO por Thais Decoussau, Amo Mães, Papo de Mãe, Posts

Recebi uma pauta da assessoria da Gol, que achei super interessante!! Principalmente neste período de férias, se você estiver se preparando para fazer uma viagem com os pequenos, este post vai ser super útil!!

Infográfico_crianças

Vamos às dicas:

Como entreter as crianças no avião?
1. O brinquedo preferido: Leve o brinquedo favorito do seu filho na bolsa e leve um para você também. Além de vivenciar novas maneiras de brincar no avião, é importante que a criança tenha o incentivo do ‘brincar junto’, com a participação da família.
2. Adivinhe quem está na foto: Outra dica é encher uma caixa pequena com várias fotos de amigos, familiares e das próprias crianças. Tire uma e convide a molecada a adivinhar quem está nela. Dê dicas, como a roupa usada, o que a pessoa está fazendo, em que evento. É interessante oferecer às crianças instrumentos que deem corpo e forma às realidades que elas vivenciam, desenvolvendo suas capacidades de criar e descobrir.
3. Moldando e montando a brincadeira: Pesquisas mostraram que massinhas de modelar, peças para montar e livros para colorir são eficientes para entreter os pequenos no avião. Sabe por quê? Com eles, as crianças podem expressar suas angústias, seus medos, seus conflitos e dificuldades de maneira simbólica, o que ajuda, inclusive, em situações que lhes causam estresse e ansiedade.
4. Todos unidos pelo mesmo desenho: Deixe na mesinha da poltrona alguns objetos como lápis, caneta, borracha, um caderno de desenho ou outro papel. Faça apenas um traço e convide as crianças a continuarem o desenho, cada uma de uma vez. E assim, sucessivamente, todos darão, juntos, forma à obra. A expectativa será grande em torno do resultado.
5. Jogo das palavras: Ainda com o lápis e o papel, escreva uma palavra e convide os participantes a escreverem outras que tenham relação com a primeira. Todos devem procurar formar frases, construindo um texto lógico. A brincadeira ainda pode ser feita com as palavras sendo ditas oralmente. A criança não estará apenas brincando, mas também desenvolvendo habilidades necessárias para o seu crescimento pessoal, social e neurológico, como o raciocínio lógico e a memória.

Fazendo as malas
Viajar com crianças não significa encher a mala de coisas que você não sabe se vai precisar. Para não levar mais do que o necessário, é importante planejar a viagem com antecedência e fazer uma lista com os itens para a bagagem.
Outra dica importante é levar em consideração o destino, clima e a duração da viagem. Isso ajudará na hora de separar as roupas e acessórios adequados.
Não se esqueça de levar os documentos e a carteirinha do convênio médico ou número do SUS da criança. No caso de viajar com bebês, levar também o cartão de vacinação e o telefone do pediatra. Também é recomendado levar um kit de primeiros socorros, para qualquer emergência.

Documentação
A GOL não transporta crianças de 0 a 5 anos incompletos desacompanhadas de um responsável maior de 18 anos. Se a criança tiver até 1 ano e 11 meses, ela pode embarcar no voo sem pagar pela passagem aérea. Para que isso aconteça, o bebê deve viajar no colo de um adulto responsável ou de uma pessoa maior de 12 anos, ambas acompanhadas de uma pessoa maior de 18 anos responsável. É permitida uma criança de colo por cliente.

– Voos Nacionais: Para embarcar com uma criança menor de 12 anos você deve apresentar um documento de identificação da criança em formato original ou cópia autenticada, podendo ser:
• Passaporte;
• Carteira de Identidade (RG) expedida pela Secretaria de Segurança Pública de um dos estados da Federação ou Distrito Federal;
• Cartão de Identidade expedido por ministério ou órgão subordinado à Presidência da República, incluindo o Ministério da Defesa e os Comandos da Aeronáutica, da Marinha e do Exército;
• Certidão de Nascimento.

É imprescindível que o documento de identificação da criança comprove a filiação ou parentesco com o responsável, que também deverá apresentar um documento de identificação válido. Isto é necessário, pois, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, o menor pode viajar com parente de até o terceiro grau, desde que comprovado documentalmente o parentesco.

– Voos Internacionais: Para embarcar com uma criança ou adolescente menor de 18 anos, você deve apresentar um documento de identificação da criança em formato original, podendo ser:
• Passaporte válido;
• Carteira de identidade (RG) expedida pela Secretaria de Segurança Pública de um dos estados da Federação ou Distrito Federal (Somente para os países do MERCOSUL).
Para conferir a relação de documentos necessários ou regras para outras situações, como por exemplo crianças desacompanhadas, confira o link da GOL.

04

(imagem: huffingtonpost.com)