AmareloOuroPor Thais Decoussau

Encantos de Portugal por Teresa Perez Tours – Lisboa

Amo Noivas, Lua-de-mel, Posts

Hoje vou postar nosso último destino da nossa série de Portugal. Infelizmente, porque amo sugerir à vocês este país lindo!! Estudamos tanto na escola, fazemos tantas piadas, Portugal chega a ficar mais próximo que o normal e às vezes não desperta tanto interesse …. eu era assim, não dava muita bola, até conhecer e me surpreender!!!!! Por isso, encerramos com Lisboa, que não pode deixar de ser conhecida!

1Lisboa

Capital de Portugal desde sua reconquista em 1147, Lisboa é sempre uma boa surpresa. A cidade é lendária, com mais de 20 séculos de história e carrega consigo, em paralelo à modernidade, o culto à tradição, fruto de um passado de glórias que fez de Lisboa a mais poderosa e importante cidade do mundo ocidental há mais de 500 anos.
Após ter sido quase completamente destruída pelo terremoto de 1755, a cidade foi reconstruída segundo os planos traçados pelo Marquês de Pombal, político, diplomata e secretário de Estado à época do terremoto.
Atualmente, as ruas, ladeiras, monumentos, igrejas, museus e palácios de seus principais bairros são o retrato de um povo orgulhoso de seu passado e de seu presente. Catedrais góticas e mosteiros pitorescos fazem parte da paisagem urbana e colorida da cidade. Apesar da importância dada à sua história, a capital do mundo lusófono tem os olhos atentamente ligados no futuro.

Para conhecer:
– Bairro de Alfama: O mais antigo e um dos mais típicos bairros de Lisboa, Alfama está localizado ao lado do Bairro Alto. Suas ruas labirínticas e estreitas levam ao topo da colina, cruzando edifícios que retratam todas as culturas que passaram pela capital portuguesa ao longo de seus séculos de história. O bairro conserva um pouco da atmosfera moura em suas ruelas e escadarias. As áreas mais arruinadas pelo terremoto de 1755 foram alvo de obras de restauro e a vida desenvolve-se tranquilamente em volta das pequenas mercearias e tabernas. Considerado uma das regiões mais seguras de Lisboa, Alfama também se destaca por sua vida noturna e é conhecido por suas casas de Fado. Os festejos dos Santos Populares são famosos na região, em particular a noite de São João, que atravessa a madrugada do dia 12 de junho até o amanhecer.

Passeios - Alfama

Castelo de São Jorge (clique): Construído em meados do século 11, a fortaleza preserva onze torres e apresenta alguns elementos arquitetônicos característicos dos fortes militares da época islâmica. Os lances de escadas junto às muralhas dão acesso às ameias e às torres. A localização privilegiada e a vista panorâmica valem a visita. O periscópio instalado na Torre de Ulisses permite examinar minuciosamente a cidade e seus monumentos, as zonas mais emblemáticas, o rio e o movimento de Lisboa, num olhar que percorre 360º. Há, ainda, um museu com um acervo de objetos encontrados no núcleo arqueológico da região, proporcionando a descoberta das múltiplas culturas e vivências que desde o século 7 a.C até o século 18 contribuíram para a construção da Lisboa moderna.
Largo do Chão da Feira, s/n. Lisboa. Tel: 351 21 8800620.

Passeios - Castelo de São Jorge

Museu Calouste Gulbenkian (clique): Fundado em outubro de 1969, o museu reúne aproximadamente seis mil peças de arte antiga e contemporânea, das quais apenas pouco mais de mil se encontram expostas ao público. As peças da mostra permanente são expostas em dois circuitos independentes. O primeiro é dedicado à arte oriental e clássica, com peças egípcias, greco-romanas, islâmicas, chinesas e japonesas. O segundo se dedica à arte europeia, com peças cronologicamente situadas num período que se inicia no século 11 e termina no século 20. Este circuito possui núcleos dedicados à arte do livro, artes decorativas, escultura e pintura.
Avenida de Berna, 45A. Lisboa. Tel: 351 21 7823000.

Passeios - Museu Calouste Gulbenkian
Para se deliciar:

Cantinho do Avillez (clique): Segunda casa do chef espanhol José Avillez. Aberta em 2011, vem arrancando elogios de especialistas gourmet e visitantes. De ambiente descontraído e informal,o Cantinho do Avillez propõe uma cozinha simples, com um toque de sofisticação, à base de petiscos e pratos tradicionais que também podem ser degustados no balcão. A farinheira, um tradicional embutido português, tem acento defumado e casa perfeitamente com a crosta dourada de broa e coentro. Rua dos Duques de Bragança, 7. Lisboa. Tel: 351 21 1992369.

Restaurantes - Cantinho-do-Avillez

Cervejaria do Ramiro (clique): Aberta desde 1956 como uma pequena ‘casa de pasto’, hoje a Cervejaria Ramiro tem três pisos e diferentes ambientes. Todos eles, no entanto, além de informais, preservam o clima marítimo que o Sr. Ramiro quis impor ao lugar, ao chamá-lo de cervejaria e marisqueria. Ideal para comer caranguejos, bons presuntos ou até mesmo prego – pão com carne – durante uma viagem por Lisboa. E claro, para tomar uns ‘copos’ – como dizem os portugueses.
Av. Almirante Reis, 1. Lisboa. Tel: 351 21 8851024.

Restaurantes - Cervejaria-do-Ramiro

Varanda (clique):  No último andar do Hotel Ritz, com uma vista deslumbrante do Parque Eduardo VII, o restaurante apresenta cozinha tradicional com uma vertente internacional em um ambiente requintado. O espaço é amplo, luminoso e sofisticado. Conta com a opção de buffet gourmet no almoço, com sopa do dia, peixe fresco e duas especialidades diárias. Four Seasons Hotel Ritz Lisboa. Rua Rodrigo da Fonseca, 88. Lisboa. Tel: 351 21 3811400.

Restaurante - Varanda

Dicas da blogueira:

Bistrô 100 maneiras (clique): para quem quiser comer muito bem em um lugar descolado, onde a turma da moda e do “badalo” vai aos sábados à noite! O lugar fica entre o bairro de Chiado e e do Bairro Alto. O chef húngaro já trabalhou com Vitor Sobral (um dos principais nomes da culinária portuguesa), não deixe de experimentar o Chips de bacalhau desidratado e frito … de comer de joelhos, vale cada caloria!!!!

O chips de bacalhau de comer de joelhos e o salão no andar térreo. Não achei fotos, mas o salão do andar de cima é mais charmoso. Peça a mesa ao lado da janela!

O chips de bacalhau de comer de joelhos e o salão no andar térreo. Não achei fotos, mas o salão do andar de cima é mais charmoso. Peça a mesa ao lado da janela!

– The Decadente (clique): quer se sentir local? Aproveite para conhecer um dos mirantes mais bonitos da cidade e almoce neste restaurante simples e delicioso. É totalmente despretensioso, localizado dentro de um Hostel. Oferece uma culinária típica e simples da cozinha portuguesa, vale a pena!

Imagem9

Mercado de Campo de Ourique (clique): como se você estivesse dentro de um Mercadão (como em SP). A construção data de 1934. É um antigo mercado, com várias “bancas” vamos dizer assim … Tem todos os tipos de comidas que você imaginar de legumes e frutas à petiscos e frutos do mar! No centro, as mesas e música ao vivo. Aqui você para nas barraquinhas que gostar mais, compra e se senta para degustar!!! Eu adoro conhecer esse tipo de lugar! Comprei várias sardinhas portuguesas enlatadas e trouxe para cá! eheheheh … Para aqueles dias que você andou o dia inteiro e não quer voltar para o hotel e sair de novo!!! Come-se bem e vive uma experiência na cidade!

Imagem8

Para descansar:

– Four Seasons Hotel Ritz Lisbon:  Como todos os hotéis da rede Four Seasons, o da capital portuguesa é o ponto de partida perfeito para aproveitar as atrações da cidade. Entre uma atividade e outra, reserve um almoço a dois ou com amigos no restaurante Varanda, um lugar com vista privilegiada para o Parque Eduardo VII, com o melhor da gastronomia portuguesa que, todo mundo sabe, é de perder a cabeça. E para deixar tudo registrado, uma das experiências mais legais que o Four Seasons Hotel Ritz Lisbon reserva é o passeio fotográfico no sidecar de uma moto vintage, com direito a dicas profissionais para escolher o melhor ângulo e, claro, a beleza arquitetônica da Lisboa histórica. Imperdível.

Dica da blogueira: o hotel fica super bem localizado, na avenida mais badalada de Lisboa. ali estão todas as lojas bacanas da cidade, ela andar a pé por lá!

Hotéis - Four-Seasons-Hotel-Ritz-Lisbon-1 Hotéis - Four-Seasons-Hotel-Ritz-Lisbon-2 Hotéis - Four-Seasons-Hotel-Ritz-Lisbon-3

– Bairro Alto Hotel:  Em frente à Praça Luiz de Camões, no centro da cidade de Lisboa, está o charmoso hotel-boutique Bairro Alto. Abrigado em uma construção do século 19, o hotel combina elementos tradicionais da arquitetura portuguesa com decoração contemporânea e detalhes refinados. Possui 59 apartamentos e suítes, que oferecem tranquilidade mesmo estando no coração da agitada Lisboa. O Restaurante Flores traz no cardápio uma mescla da gastronomia lusitana com sabores do mundo.

Dica da blogueira: Eu não fiquei neste hotel, mas acho que se voltasse lá, escolheria ficar aqui!!! O hotel tem um bar na cobertura super descolado. vale a pena tirar um fim de tarde para passar lá para um drink! A região a noite fica super viva, para quem mora em São Paulo, para se fazer um paralelo, é como se você estivesse na Vila Madalena. Um lugar cheio de barzinhos onde todos ficam na rua.

Hotéis - Bairro-Alto-Hotel1 Hotéis - Bairro-Alto-Hotel2 Hotéis - Bairro-Alto-Hotel3

– Altis Belém Hotel & Spa:  Representando uma visão contemporânea da Era dos Descobrimentos, o Altis Belém Hotel & Spa está localizado à beira do Rio Tejo, oferecendo belas vistas da linda Lisboa. A decoração das partes internas e das 50 acomodações proporcionam uma viagem pelos cinco continentes. Nos três restaurantes, os hóspedes poderão disfrutar da leve gastronomia japonesa e tradicionais pratos lusitanos, acompanhados de uma excelente carta de vinhos e coquetéis. O spa by Karin Herzog foi premiado repetidamente e o ambiente acolhedor convida para uma sessão de meditação e relaxamento.

Altis Belém1 Altis Belém2 OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Para ver os outros destinos sugeridos e montar o seu roteiro, clique aqui para as dicas de Porto, aqui para Cascais e aqui para Alentejo! Depois disso, é só conversar com o pessoal da Teresa Perez Tours (clique) e fazer as malas … vale a pena!!! Eu me surpreendi com Portugal … indicadíssimo!!!!!!!!!!!!!

assinatura_tpt (3)