AmareloOuroPor Thais Decoussau

Encantos de Portugal por Teresa Perez Tours – Alentejo

Amo Noivas, Lua-de-mel 28 de outubro de 2015

Estou muito feliz de começar esta nova série de posts com vocês!!! Fazia tempo que estava pedindo para que o pessoal da Teresa Perez Tours (clique) me mandasse dicas de Portugal. Como existe toda uma programação do conteudo que eles me enviam, estava ansiosa para que chegasse logo a minha vez. Faz uns 8 anos átras, fui a trabalho para Portugal e me apaixonei pelo Porto. Foi uma viagem rápida, acabei só passando por Lisboa, mas foi o suficiente para querer voltar. Ano passado finalmente voltei com meu marido e desta vez pude conhecer melhor o país.. resultado, fiuei com mais vontade ainda de voltar!!!! Nunca tive curiosidade de conhecer Portugal, mas as duas vezes que fui, me apaixonei!!!! Por isso se você está escolhendo o seu destino de lua de mel, ou está pensando na próxima viagem, coloque Portugal no seu radar!!! Aproveite aqui as dicas e monte o seu roteiro, que vale muito a pena!!!! Hoje, começamos com Alentejo! O Alentejo é uma região do centro-sul de Portugal. Compreende integralmente os distritos de Portalegre, Évora e Beja, e a metade sul do distrito de Setúbal e parte do distrito de Santarém, sendo assim a maior região de Portugal.

Imagem78

Formada por um mar de colinas douradas pelos trigais ou prateada pelas oliveiras, Alentejo é um lugar para quem procura tranquilidade e belas paisagens. Apesar de ocupar quase um terço de Portugal, a região é habitada por apenas 10% da população do país.

Monumentos pré-históricos e castelos são um espetáculo a parte nesta terra habitada pelos gentis alentejanos, conhecidos por sua lentidão (criticada por portugueses de outras regiões) e muito admirados por sua música e talento para o artesanato.

Se quiser cavalgar ao encontro do pôr do sol, como nos velhos “westerns”, dirija-se aos centros de equitação ou aos picadeiros que espalhados por todo o Alentejo. Ou vá até o Alter do Chão, onde só a oportunidade de ver os belos cavalos Lusitanos de perto vale a viagem.

Alentejo(2) Alentejo

Para conhecer:

– Évora: As muralhas de Évora guardam um centro histórico considerado pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade. O centro revela a história da cidade, desde o domínio do Império Romano, expresso no ”Templo de Diana”, até a dinastia de Avis, representada pelo Palácio de D. Manuel, construído no século 16 em estilo gótico.

Passeio - Evora

– Rota do Azeite Alentejano: Ligeiramente espesso, frutado, com cor de ouro e por vezes com um ligeiro tom de verde. É assim o azeite alentejano. Vale à pena conhecer este ingrediente essencial da cozinha portuguesa. Em Moura, o Museu do Azeite – o Lagar de Varas do Fojo, do século 19 – e o método de produção tradicional do azeite. Continue a Rota do Azeite pela região do Alentejo Interior e siga para Portel, Vidigueira, Cuba, Alvito, Viana do Alentejo, Ferreira do Alentejo ou Beja. Em todas essas cidades há uma cooperativa de portas abertas, onde se pode provar um óleo de azeitona madura, temperado com ligeiro sabor maçã ou figo.

Passeio-(Rota do azeite - Portel) (2) Passeio-(Rota do azeite-Beja) (1)

– As pedaladas são realizadas com o suporte de uma equipe especializada, contando com bikes especiais. Conhecer o Alentejo de bicicleta é uma experiência enriquecedora. São muitas as possibilidades: margeando a costa com vista para o Atlântico, pedalando por entre vinhedos ou mesmo deixando-se levar pela história das ruas da região.

Passeio - Pedaladas

Para se deliciar:

– Luar de Janeiro: É um dos mais conhecidos e bem conceituados restaurantes da cidade de Évora. Oferece tradição de bom serviço e uma cozinha de qualidade elevada. Dentre suas especialidades merecem destaque: as entradas de salada de bacalhau com grão e os torresmos do rissol.

Restaurante -Luar-de-Janeiro

– L’AND by Miguel Laffan: As novas interpretações das receitas tradicionais portuguesas ganharam elementos contemporâneos e orientais. Após a escolha do prato, um sommelier irá propor uma bebida que se harmonize perfeitamente à opção escolhida.

Restaurante -L'AND

– Herdade da Malhadinha Nova: Os excelentes vinhos da Herdade da Malhadinha Nova são as estrelas do local, e a excelente culinária está ganhando espaço. As imensas janelas que vão do chão ao teto deixam a mostra a linda vinícola. Para os apreciadores de vinho e da culinária portuguesa, um passeio imperdível.

Imagem79 Restaurante -Herdade da Malhadinha

Para descansar:

– L’and Vineyards: Em uma paisagem única, formada por vinhedos e um grande lago, o L’AND Vineyards é um “wine resort” exclusivo – integra a arquitetura à natureza, promovendo uma atmosfera intimista, beleza natural e tranquilidade. O hotel possui as “Sky View Suites” com120 m2 possuem vista extraordinária sobre as videiras, o lago e a paisagem, com terraço, lareira e dois pátios privados. As suites decoradas por Márcio Kogan, permitem a abertura integral do teco do quarto e integram no pátio exclusivo uma “plunge pool”.

Imagem83

Imagem81 Imagem80

Hotel-L'AND (1) Hotel-L'AND (2) Hotel-L'AND (3)

Imagem82

– Convento do Espinheiro, Heritage Hotel & Spa: O hotel Convento do Espinheiro foi adaptado a partir de um convento do século 15, considerado Monumento Nacional de Portugal. O hotel está localizado às portas da histórica cidade de Évora, classificada pela UNESCO como Patrimônio Mundial. Os sofisticados apartamentos e suítes do hotel contam com decoração elegante e de muito bom gosto, além de vistas espetaculares da planície alentejana. Seus hóspedes podem ainda desfrutar os diversos tratamentos relaxantes do Diana Spa, e ótimas opções gastronômicas como um requintado jantar no Restaurante Divinus, localizado na antiga adega do convento.

Hotel-(Convento-do-Espinheiro) (1) Hotel-(Convento-do-Espinheiro) (2) Hotel-(Convento-do-Espinheiro) (3)

(imagens teresaperez.com.br)

assinatura_tpt (3)

A vez dos curtos

Amo Noivas, Madrinhas e convidadas, Moda, Posts

Hoje resolvi fazer uma pesquisa na Farfetch (clique) para trazer para vocês uma seleção de vestidos curtos. Você tem um mini wedding, um casamento de dia ou uma super festa e não quer ir de longo!? Não tem problema nenhum!!! Ao contrario, hoje em dia são muitos os curtos lindos e super poderosos que não deixam a desejar para nenhum longo de caldinha!

Você deve pensar que geralmente os curtos pedem um cabelo e uma produção mais incrementada! Isso não quer dizer que você deve fazer penteados mirabolantes, mas um cabelo (que seja solto) mais modelado é necessário!

Para mini weddings ou casamentos de dia os curtos são perfeitos! A vantagem é que talvez você não precise de um curto com bordados ou brilhos .. uma renda bonita ou um liso com um corte impecavel já será super apropriado!

 

 

Vestido evasê com padronagem preto, Philipp Plein.

Vestido evasê com padronagem preto, Philipp Plein.

Vestido bordado preto, Le Lis Blanc com decote em V transpassado, bordado floral com aplicação de contas e paetês.

Vestido bordado preto, Le Lis Blanc com decote em V transpassado, bordado floral com aplicação de contas e paetês.

Vestido godê bordado preto, Alex Perry.

Vestido godê bordado preto, Alex Perry.

Vestido bordado bege, Le Lis Blanc. Com alças finas cruzadas nas costas, detalhe de bordado com contas, fechamento traseiro por zíper invisível e forro.

Vestido bordado bege, Le Lis Blanc. Com alças finas cruzadas nas costas, detalhe de bordado com contas, fechamento traseiro por zíper invisível e forro.

Vestido midi preto, Uma, decote tomara que caia, cintura marcada. A prega e o forro em outro cor deixa o vestido com um movimento lindo, além da escolha das cores ser super chique.

Vestido midi preto, Uma, decote tomara que caia, cintura marcada. A prega e o forro em outro cor deixa o vestido com um movimento lindo, além da escolha das cores ser super chique.

Vestido brocado com recortes bege em seda e algodão misto, Dolce  & Gabbana.

Vestido brocado com recortes bege em seda e algodão misto, Dolce & Gabbana.

Vestido com renda azul, verde e rosa, Martha Medeiros. Super chique! Uma prova de que curtos não são sinônimo de vestidos esportivos!

Vestido com renda azul, verde e rosa, Martha Medeiros. Super chique! Uma prova de que curtos não são sinônimo de vestidos esportivos!

Vestido evasê de renda rosa, Martha Medeiros com decote em V, tule e cintura marcada.

Vestido evasê de renda rosa, Martha Medeiros com decote em V, tule e cintura marcada.

Nada como um tricot Missoni!!!

Nada como um tricot Missoni!!!

(imagens farfetch)

Festa Safári de 1 ano

Amo Mães, Decoração, Festas

Festinhas safáris são sempre muito charmosas!!! Esta produção uniiu os bichinhos fofos às roupinhas que os aventureiros costumam usar! na mesa de doces, além de girafinhas, zebrinhas e macaquinhos, os doces vieram enfeitados com chapéus e bolsas de safári, um charme! Outra ideia muito legal foi ter feito um painel para que na hora dos Parabéns, todos pudesse tirar o seu chapéu de palha! Para que ninguém pudesse reclamar que não entrou no clima!!!!!!!!!

decoracao_safari_1_ano decoracao_safari_1_ano1 decoracao_safari_1_ano2 decoracao_safari_1_ano3 decoracao_safari_1_ano4 decoracao_safari_1_ano5 decoracao_safari_1_ano6 decoracao_safari_1_ano7 decoracao_safari_1_ano8 decoracao_safari_1_ano9 decoracao_safari_1_ano10 decoracao_safari_1_ano11 decoracao_safari_1_ano12 decoracao_safari_1_ano13 decoracao_safari_1_ano14 decoracao_safari_1_ano15 decoracao_safari_1_ano16 decoracao_safari_1_ano17 decoracao_safari_1_ano18 decoracao_safari_1_ano19 decoracao_safari_1_ano20 decoracao_safari_1_ano21 decoracao_safari_1_ano22 decoracao_safari_1_ano23 decoracao_safari_1_ano24 decoracao_safari_1_ano25 decoracao_safari_1_ano26 decoracao_safari_1_ano27 decoracao_safari_1_ano28 decoracao_safari_1_ano29 decoracao_safari_1_ano30

Ficha Técnica:

Criação, planejamento e Decoração: Clarissa Oliveira – Atelier de Sonhos

Móveis, peças, porcelanas e afins: Acervo Atelier de Sonhos

Biscuits, bolo, caixinhas e rótulos personalizados: Carla Mattos

Doces Decorados: Artesanal Doces – Joyce Karoline

Doces, pão de mel decorado, biscoitos e pirulitos de biscoitos: Solange Lins

Lembrancinhas: Rafaela Fonseca

Jipe e placas: Thais Tierling

Som e iluminação: RS Eventos

Esculturas de balão: JL locações

Fotografia: Ligia Delgado – fotografia

Receita que vale ouro: Bruschetta de cogumelos do Zazá Bistro

Amo Casa, Servir bem 27 de outubro de 2015

Se você estiver passando no Rio, vale a pena conhecer o Zazá Bistro. O restaurante é super charmoso, tem um ambiente delicioso e uma varanda que te convida para horas de papo! O restaurante é a cara da zona sul carioca, descolado, cada lugar que você olha acha um detalhe, uma decoração diferente. As comidinhas são super frescas, receitas leves, com ingredientes orgânicos e saudaveis – aqui vale dizer que não é restaurante para quem quer comer frango e batata doce!!!!! Pode ir sem medo que você vai gostar!

09

Mas enfim, se não estiver ir tão cedo ao Rio, que tal experimentar esta receita que tirei do site do restaurante para levar um pouquinho do sabor até sua casa!? Uma BRUSCHETTA DE COGUMELOS que pode entrar no seu apertivo antes do jantar, ou em uma noite de comidinhas e drinks com os amigos!

Ingredientes:
– 400g de cogumelos (você pode usar qualquer cogumelo)
– 3 colheres de sopa de azeite
– 2 colheres de sopa de vinagre balsâmico
– 1 colher de chá de açúcar
– 1 colher de sopa folhas de tomilho
– Sal e pimenta
– Metade de um dente de alho, com casca
– 4 fatias de pão
– Azeite extra, para chuviscar

Modo de preparo:

1. Aqueça o óleo em uma frigideira em fogo alto.
2. Corte os cogumelos em fatias finas
3. Coloque na panela e refogue rapidamente, cerca de um minuto ou dois. Dica da blogueira: cuidado para não encher de óleo pois os cogumelos são verdadeiras esponjas!
4. Adicione o vinagre balsâmico e o açúcar, e mexa por mais 30 segundos ou mais para o vinagre balsâmico e o açúcar caramelizarem.
5. Adicione o tomilho e tempere com sal e pimenta.
6. Toste o pão e esfregue levemente com cada peça de alho.
7. Coloque a mistura de cogumelos e sirva!

08

(imagem e fonte: zazabistro)

Romona Keveza – Outono 2016

Amo Noivas, Moda, Noivas

Romona Keveza desfilou suas duas etiquetas: Romona Keveza Legends e Romona keveza Collection em sua penthouse com vista para Rockefeller Plaza em Nova Iorque.

A primeira linha veio com vestidos clássicos e elegantes, perfeitos para a cerimônia de casamento e, vestidos com cortes mais justos com muita renda, tules e re-bordados. A linha Romona Keveza Collection teve modelos com sedas pintadas inspiradas nos jardins toscanos, vestidos modernos com cintos de metal além dos super clássicos vestidos princesas com muita renda, bordados e cristais.

vestido_noiva_eomona_keveza6 vestido_noiva_romona_keveza vestido_noiva_romona_keveza1 vestido_noiva_romona_keveza2 vestido_noiva_romona_keveza3 vestido_noiva_romona_keveza4 vestido_noiva_romona_keveza5 vestido_noiva_romona_keveza7 vestido_noiva_romona_keveza8

Dona de casa sem mistérios: você sabe como escolher a sua cortina?

Amo Casa, Decoração, Posts 26 de outubro de 2015

Na hora de decorar a sua casa nova, escolher a cortina correta é super importante! Você pode criar a sensação que o ambiente é maior, trazer leveza à produção e valorizar ainda mais seu espaço! Vamos à algumas opções para que você possa entender todas as possibilidades e escolher a melhor opção!

- Seda dublada: o tecido tem um forro que lhe dá firmeza na forração de estofados. Sem essa proteção, a seda esgarça. Em cortinas, não é recomendável.

- Fundo de camurça: faça uso desse artifício na parte de baixo das almofadas de sentar no chão. Em cima, o linho é boa escolha.

- Voal franzido: cortinas feitas de pano fino e translúcido ficam mais elegantes quando encorpadas. Para conseguir um drapeado na medida, o segredo é comprar duas vezes a largura do corte.

- Chenile e seda: o primeiro tem textura, o outro brilho. Juntos – um no estofado, o outro nas almofadas, criam um contraste agradável no tato e no visual.

- Frente e verso: mesclar a frente e o verso do linho também dá bom resultado. Você pode empregar a frente (padrão alto-relevo) nos xales e nas almofadas e o verso (baixo-relevo) nas cortinas e nos estofados.

- Gaze de linho e organdi, entre outros: tecidos leves e transparentes em cortinas, quando estampados, não devem ter forro. A claridade da janela valoriza a padronagem.

Dicas úteis:
– Não dispense um aconselhamento especializado.
– Escolher um modelo para uma área social/comum da casa não é a mesma coisa do que escolher cortinas para um quarto.

Sala: numa sala ou em qualquer outra área social/comum, além das necessidades funcionais, existem necessidades de comunicação que se traduzem pelo que a pessoa gostaria de espelhar a todas as pessoas que visitam a casa.

Quarto: modelos aconchegantes ou românticos. Escolha tecidos mais encorpados para garantir a privacidade.

Copa e cozinha: escolha tecidos fáceis de lavar, com richelieu ou renda holandesa.

Home theater: necessita bloqueio total de luz. Tecidos grossos são os mais indicados, como brim, linho ou seda rústica, ou ainda, forros tipo corta-luz, como o black-out. De toda a forma, vocÊ ainda pode usar persianas e xalés leves. Cuidado para não escolher um tecido pesado demais se o seu espaço for pequeno, pode pesar!

Escritório: cortinas curtas que levam pouco tecido ou persianas.

Existem funcionalidades disponíveis no mercado das quais pouca gente ouviu falar e que são verdadeiras revoluções em termos de praticidade e sofisticação. Por exemplo, as lâminas de madeira automatizadas com controlo remoto. É uma vertente adaptável a grande parte dos modelos e permite o acionamento por rádio frequência, promovendo a máxima comodidade ao usuário.

Janelas x cortinas
– Janelas pivotantes (que giram sobre um eixo vertical): a melhor opção é utilizar cortinas fixas na moldura, cobrindo apenas o vidro.

– Janelas que partem rente ao teto, melhor optar por cortinas longas, presas em sancas de gesso ou em bandôs; equilibrando assim as proporções e evitando frestas de claridade.

– Janelas que vão de parede a parede, a possibilidade de colocar varão é viável desde que finalizado com rosetas ou flanges que prendem o varão às paredes laterais.

– Para extensões acima de 2,5 m é recomendado intercalar com um ou mais suportes de teto.

– Porta-balcão pede uma cortina simples, até o chão (deixando-a arrastar no mínimo 1,50 cm) e, o principal, não esquecer de acrescentar cerca de 40 cm de cada lado (tanto do varão como da cortina), reservando espaço para acomodar toda a cortina nas laterais, liberando o uso da porta.

– Se houver janelas de tamanhos ou formatos diferentes de um mesmo ambiente, equilibre o local padronizando as cortinas.

– Para vedar totalmente a claridade, a melhor opção é utilizar um forro black-out, que além de bloquear a luz também auxilia na diminuição de ruídos externos.

Limpeza
As cortinas devem ser lavadas periodicamente, lembrando que tecidos sintéticos podem ser lavados em casa, mas tecidos finos (algodão e fibras naturais) devem ser levados a lavanderias especializadas, pois precisam de cuidados especiais para evitar desbotamento ou encolhimento.

como_escolher_cortina como_escolher_cortina1 como_escolher_cortina2 como_escolher_cortina3 como_escolher_cortina4 como_escolher_cortina5

(fonte: Oz)