Continuando nossas receitas que nos levam a uma viagem pelo Brasil, continuamos no Sudeste, saímos de Minas Gerais e vamos para o Rio de Janeiro através do super tradicional FILÉ OSWALDO ARANHA. O prato, apesar de ser carioca, é uma homenagem ao diplomata gaúcho Osvaldo Aranha.

Nascido em Alegrete no Rio Grande do Sul em 1894, foi um dos principais articuladores da revolução de 30 que colocou Getúlio Vargas no poder. Chegou a ser Ministro da Justiça, Embaixador da Onu e grande frequentador do restaurante Cosmopolita. Por lá, o prato que sempre pedia era um filé com farofa e batatas, o prato que vamos ensinar hoje!!!!

Segundo dizem, o verdadeiro Filé Osvaldo Aranha não levava alho e era de alcatra já que o diplomata considerava filé mignon sem gosto! Como essa já em uma discussão para os historiadores, eu trago para vocês a receita que é popularmente conhecida e que 9 entre 10 restaurantes cariocas costumam fazer!!!!

Ingredientes – filé:

– 2 colheres de sopa de óleo

– 2 bifes (180 a 200g cada um) de filé mignon

– sal e pimenta do reino

– 4 dentes de alho fatiados

– 2 colheres de sopa de manteiga sem sal

Ingredientes – farofa:

– 1 cebola média picada

– 2 colheres de sopa d manteiga sem sal

– sal

– 1 xícara de farinha de mandioca torrada

Ingredientes – batata:

– 2 batatas médias cortadas em rodelas finas

– óleo para fritar

 

Modo de preparo:

– Comece pela farola: doure a cebola na manteiga e acrescente o sal e a farinha. Refogue sem parar de mexer e reserve.

– Frite a batata.

– Enquanto isso, aqueça o óleo em uma frigideira ou chapa e grelhe os bifes por 2 – 3 minutos de cada lado. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto.

– Doure o alho na manteiga.

– Arrume os bifes nos pratos e espalhe o alho. Sirva com a farofa.

08

(receita extraída do livro “120 receitas mais que brasileiras “gold editora”. Imagem:viajeaqui.abril.com.br)