Fui pesquisar uma receita bem gostosa nos meus livros de culinária (eu adoro, coleciono desde pequena!) e achei um livro incrível que nem lembrava que tinha!!! O livro “120 receitas mais que brasileiras” do grupo Selmi (os produtos Renata são todos fabricados por ele) contém receitas brasileiras de todo o Brasil … o máximo!!!!!

Fui na região Sudeste, porque me dei conta que eu, que amo pão de queijo, nunca trouxe uma receita de pão de queijo para vocês…. bem, não achei a receita de pão de queijo, mas achei no capítulo de MG uma receita de pastelzinho de carne, o PASTEL JK que me deu água na boca!

Achei interessante um pastel com o nome de um de nossos ex-presidentes e fui pesquisar! Foi aí que descobri que o salgado era um dos pratos preferidos de Juscelino Kubistchek quando chegava em Diamantina (sua cidade Natal). Diz a lenda que ele antes de chegar já encomendava a iguaria e comia sem medo do amanhã! Segundo Argelina Lopes de Souza, a cozinheira responsável por preparar o quitute na época, o grande segredo é a massa ser feita de um dia para o outro: “a massa deve ser feita de véspera e a carne de primeira qualidade” conta Áurea Barbosa de Souza, cunhada da cozinheira.

Bom, chega de história e vamos de receita, afinal, quem não gosta de um pastelzinho e uma cervejinha ou uma caipirinha em uma roda de amigos que atire a primeira pedra.. não é uma excelente ideia, gente!????

Ingredientes- massa:

1 xícara de chá de farinha de trigo

– 60 ml de óleo

– 100 ml de cachaça

– 250 ml de água morna

– 1 ovo

– sal

– óleo para untar

Ingredientes – recheio:

– 3 colheres de sopa de óleo

– 2 cebolas médias picadas em cubinhos

– 3 dentes de alho amassados

– 800g de carne moída

– 1 colher de chá de colorau

– 3 tomates em cubinhos

– 1 cubo de caldo de carne

– sal e orégano

– cheiro-verde picadinho

Modo de preparo:

– Misture todos os ingredientes e amasse até obter uma bola lisa, que desprenda das mãos. Deixe repousar. (se não conseguir fazer de um dia para o outro, pelo menos 30 minutos)

– Aqueça o óleo e refogue a cebola e o alho. Junte a carne e refogue mais um pouco. Adicione o colorau, o tomate e o caldo de carne diluído em um pouco de água. tempere com sal e orégano a gosto e deixe cozinhar até a carne ficar soltinha. por fim, acrescente cheiro-verde a gosto e retire do fogo.

– Abra a massa com o rolo ou cilindro até ficar bem fina. (você pode dividir a massa para facilitar o manuseio) Corte-a em retângulos de mesmo tamanho 9cerca de 10 x 7 cm) e recheie com cerca de 1 colher de sopa de carne. passe água nas bordas e feche pressionando com um garfo para não abrir enquanto frita.

Variação: Você pode assar os pastéis no forno. Ficam mais crocantes e são mais saudáveis! Pincele-os com gema e coloque-os em uma forma untada com óleo. Asse em temperatura moderada (180 graus) até dourarem!

08

(receita extraída do livro “120 receitas mais que brasileiras “gold editora”. Imagem: netrango.com.br)