Dia de mais uma dica das meninas da Biscuit Eventos (clique)!! Para as noivas que optam pela assessoria somente do dia, o assunto gerador, som e luz pode ser um bicho de 7 cabeças já que são poucas as mulheres que realmente entendem do assunto, não é mesmo? O medo de faltar energia ou da música ficar baixinha trás ainda mais insegurança na hora de escolher o fornecedor. Confira aqui as dicas de hoje para não correr nenhum risco!

“O assunto som, luz e gerador assombra muitas noivas por ser um pouco mais técnico, mas vamos dar algumas dicas básicas do processo para você não errar.
A essa altura, provavelmente você já terá definido e até contratado quais serão as atrações musicais da sua festa, conforme dissemos no post “Fornecedores Concorridos” (clique para ler). Há muitas e diferentes opções: bandas, bandas de ritmos específicos, atrações que acompanham o DJ (violino, sax, percussão) e por aí vai. O Dj pode ser alguém específico que você queira ou, se não fizer questão, a maioria das empresas de som e iluminação têm Djs para oferecer, basta agendar uma reunião para conhece-lo e ver se ele se adequa ao seu perfil musical.

Definidas as atrações, você deve entrar em contato com empresas de som e iluminação já com o rider (lista de equipamentos) da banda, Dj (caso ele não leve) e/ou da atração musical em mãos. Caso a cerimônia seja no local, informe-os da existência de um coral e cheque a necessidade de microfonar os instrumentos. E mais: para vocês verem como as coisas em um casamento são bem interligadas, a essa altura, você já deve ter fechado o projeto de decoração, portanto, caso o seu decorador não tenha incluído iluminação cênica no orçamento dele, tenham em mãos também as diretrizes de iluminação que ele quer para sua festa, pois você pode orçar com essas empresas também.

Não se esqueça de checar se o espaço tem estrutura para pendurar iluminação na pista de dança. Caso não haja, serão necessárias estruturas de ferro para pendurar as caixas de som e luzes, os famosos box truss. Hoje é muito comum pedir ao decorador que forre essas estruturas com lycra na cor da decoração para que elas passem o mais desapercebidas o possível. Tudo vai depender do seu gosto e budget.

Veja minuciosamente tudo que as empresas estão oferecendo e peça para que expliquem item a item o que são todos os equipamentos e possibilidades, já que existem uma infinidade deles e com os nomes mais esquisitos: gás de Co2, moving leds, laser sólido, strobo e ainda piora quando chega na parte de som…rs.

O gerador nem sempre precisa ser contratado junto com tudo isso. O primeiro passo é checar com o espaço se a energia da sua festa será disponibilizada por ele, ou se é necessário contratar um gerador. Isso porque muitas casas “não aguentam” a amperagem que uma festa pode exigir e, nesse caso, o gerador serve como fonte de energia. Caso haja necessidade de contratar, cheque se há exigência de algum fornecedor específico do espaço. Entre em contato e informe tudo que haverá na sua festa para que ele calcule quantos KVAs (medida em ampéres) serão necessários para que o gerador aguente tudo. Além disso, é importante ter um gerador extra para o caso de qualquer problema com o primeiro. Muitas noivas acham um custo desnecessário, porém, se a energia cair, sua festa acaba.

O último passo, depois de toda estrutura ter sido contratada, é agendar uma reunião, mais ou menos com 1 mês de antecedência com o Dj e a Banda para que você passe tudo que gosta, as músicas preferidas e aquelas que não quer que toque de jeito nenhum.
De resto, é só se jogar na pista.
Beijos,
Dri e Sarah”

04 05 06 07 08

 

Adriana e Sarah são sócias e proprietárias da empresa Biscuit Eventos