Continuando com nossos posts com destinos com passeios de balão de tirar o folego, esta semana Teresa Perez (clique) sugere a cidade de Bagan em Myamar.

Bagan é uma a cidade sagrada de Myanmar (antiga Birmãnia) e está localizada na região central do país asiático. A melhor forma de explorar sua vasta planície, onde cerca de 4 mil templos budistas dominam o horizonte, é de balão. Quem opta pelo passeio, contempla a harmônica combinação entre natureza e espiritualidade. Vale lembrar que os voôs não acontecem de maio a outubro, devido aos ventos fortes.

dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro

Conhecer Myanmar profundamente exige uma entrega. Em Yangon, capital do país, é inevitável não se sentir envolvido pelas feiras de rua da cidade, cheias de cores e sons.

lua_de_mel_asia_myanmar_teresa_perez3

 

Não longe dali, no alto de uma colina, figura o Pagode Shwedagon, um dos maiores símbolos do budismo no país.

dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro

 

Mas é em Bagan, cidade ao norte, que começa a viagem pelo curso do rio Ayeyarwady, a bordo do belíssimo barco da Orient-Express, o Orcaella.

dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro

dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro

Todas as cabines oferecem TV via satélite, ar-condicionado, uma docking station para iPode sabonetes feitos artesanalmente na região.

dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro

Todos os dias que se passa ali, vive-se numa paz sem igual. Ao entardecer, além do sol deixar tudo com um tom dourado, as crianças que vivem nos vilarejos às margens do rio correm e acenam para os passageiros do cruzeiro. O costume é um presságio, que anuncia: o dia de amanhã será ainda mais belo…

dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro dica_lua_de_mel_teresa_perez_blog_amarelo_ouro

 

Se você se animou, é importante saber que a burocracia para tirar o visto de entrada no país é meio complicadinha! Você deve baixar no site de Myanmar em Brasilia os formulários (clique aqui – são 2), preencha em inglês e envie 2 cópias de cada com 4 fotos 3×4 recentes e atuais. Envie também seu passaporte com validade miníma de 6 meses (lembre-se desse porém caso preciso do passaporte em mãos até o visto chegar!) e o print da sua reserva de hotel (caso já possua).

Outra dica importante é levar um dicionário ou pesquisar palavras praticas e anotá-las de birmanês – o idioma local. Vale dizer que em abril, acontece a comemoração do ano novo Birmanês, com vários dias de festa!

(imagens e fonte: teresaperez.com.brepochtimes.com.brglobeholidays.netinasia.travelblog.frburmatraveler.com)

assinatura_tpt (3)