Na semana passada, publiquei um post com algumas dicas básicas para limpeza e conservação dos móveis de madeira (clique para ler). Hoje, trouxe dicas de conservação adequadas aos tipos de acabamentos mais comuns em móveis e armários!! Vamos lá:

1. Cera
Mais comum em móveis antigos este tipo de acabamento deve retornar à cena por questões ecológicas. Sua manutenção pode ser feita com aplicação de uma camada muito fina de cêra para móveis à base de carnaúba, uma breve secagem seguida de polimento com uma flanela seca. A cêra pode ser aplicada sobre madeira maciça ou laminados.

2. Selador 
Pintura à base de nitrocelulose: estes produtos raramente são usados atualmente, mas são comuns em móveis antigos. Existem seladores transparentes, que deixam ver os veios da madeira, e também lacas fabricados a partir deste tipo de matéria-prima. Pode-se utilizar um pano levemente umedecido com água, secando em seguida para não manchar. Mancha facilmente com o contato prolongado com água e é muito sensível a álcool e outros produtos químicos. Pode estar aplicado sobre madeira maciça ou laminados.

3. Poliuretano bicomponente 
Produto para pintura de alta tecnologia, que chegam à cura pela reação química da tinta poliuretânica ao ser misturada a um catalizador especial. Totalmente diferente das tintas antigas à base de nitrocelulose que secam por evaporação, as lacas e vernizes PU que utilizamos proporcionam alta resistência ao acabamento de superfície, tanto a produtos químicos quanto a riscos, recomendada a quem necessite de qualidade superior em seus móveis. Pode ser aplicado sobre madeira maciça ou laminados. Para sua limpeza pode ser usado um pano levemente umedecido com água e um sabão neutro como o de côco ou detergente neutro. Eventualmente para manchas mais resistentes como riscos de caneta pode-se usar um pano levemente umedecido com álcool doméstico, mas antes de usar este produto recomendamos testar em uma parte não visível do móvel.

4. Revestimentos em melamina 
As melaninas são resinas especiais e de alta resistência e impermeabilidade, existem na forma AP de alta pressão, que são as tradicionais fórmicas e que podem ser aplicadas sobre madeira maciça, compensados, MDFs e MDPs. Existem também na forma BP de baixa pressão em painéis pré-acabados de MDF e MDP. As bordas de painéis revestidos em melanina geralmente são revestidas em PVC ou ABS. Para sua limpeza utilize um pano levemente umedecido com água e um sabão neutro como o de côco, para manchas mais resistentes pode-se usar um pano levemente umedecido com água e álcool doméstico (ambos em partes iguais) ou detergente neutro e água a 10%. Caso fiquem manchas da passagem do pano elas podem ser removidas com uma pequena quantidade de limpador de vidros, aplicada com dois panos, um com o produto e outro seco secando a superfície logo em seguida evitando que seque por evaporação.

5. Couro ecológico 
Para retirar o pó utilize uma escova de cerda macia ou aspirador de pó com ponta especifica para tecido que vem com aparelho de uso doméstico. Nunca utilize maquinas de pressão ou vapor para a limpeza. Pode ser utilizada esponja macia sem esfregar, umedecida em solução com água e sabão neutro, após retire com um pano embebido com água e depois seque com um pano limpo e macio. Nunca utilize produtos multi-uso (veja), alvejante (cândida), álcool, acetona, thinner, abrasivos, esponja de aço, detergente de qualquer outro produto que contenha ácido ou soda para limpar ou tirar manchas. Colocar as almofadas soltas na posição vertical após limpar ou depois da exposição à água (chuva), caso seja móvel de jardim, deixando secar por completo aumentando assim sua vida útil.

6. Tecidos 
Seguir as recomendações do fabricante quanto a sua utilização. Nunca utilize produtos multi-uso (veja), alvejante (cândida), álcool, acetona, thinner, abrasivos, esponja de aço, detergente de qualquer outro produto que contenha ácido ou soda para limpar ou tirar manchas. Nos tecidos com Teflon, quando derramar líquidos, limpe imediatamente a região afetada com um pano limpo e seco ou uma tolha de papel absorvente, sem esfregar, após, utilize um pano limpo e embebido em solução em água e sabão neutro, retire com um pano embebido em água e seque com um pano limpo e macio. Para maior durabilidade é recomendável utilizar impermeabilizante nos tecidos de estofados.

7. Granitos e mármores 
Para retirar o pó utilize um pano seco e macio, espanador ou uma escova seca com cerdas macias. Para a limpeza, utilize esponja macia sem esfregar, embebido em solução com água e sabão neutro, após retire com um pano embebido com água e depois seque com um pano limpo e macio. É importante tomar cuidado para não deixar a água usada prejudicar as partes próximas em madeira.

8. Vidros 
Para a limpeza utilizar água, limpa-vidros ou álcool (para remoção de marcas persistentes) diretamente em um pano apropriado ou toalha de papel. Não utilizar pano seco, esponja de aço ou outro objeto abrasivo, pois o atrito pode danificar o vidro. Não pulverizar o produto diretamente no vidro, mas sim em uma flanela macia, pois os respingos podem causar danos nos revestimentos, acessórios ou partes com outros tipos de acabamentos.

9. Partes metálicas 
Utilize um pano seco e limpe com cuidado. O contato com uma esponja de aço poderá remover a camada que protege o puxador, causando um estrago irreparável. Puxadores ou componentes dourados podem ter verniz protetor, assim nenhum produto químico deve ser usado. Peças com banho de níquel (semelhante ao cromado) podem ficar esbranquiçadas com o passar do tempo devido à oxidação natural, e neste caso pode-se utilizar uma cera do tipo usada para polir pintura de automóveis, conforme a orientação do fabricante. Caso use cera ela não deverá ter contato com as partes de madeira. Para limpar dobradiças e corrediças utilize apenas pano macio ligeiramente umedecido e sabão neutro. Seque totalmente em seguida. O acúmulo de poeira, gordura ou umidade sobre as dobradiças e corrediças, porque podem prejudicar o seu bom funcionamento e/ou ocasionar oxidação. Em cozinhas o sal é a maior causa de oxidação de componentes metálicos.

10.Peças em aço inox 
As peças de aço inox e esmaltadas deverão ser limpas com pano levemente umedecido e sabão neutro ou desengordurantes, desde que não tenham cloro ou seus derivados. Após a limpeza poderão ser aplicados produtos especiais desenvolvidos para a limpeza e conservação desses materiais, conforme a orientação do fabricante. Estes produtos não deverão ter contato com as partes de madeira para se evitar manchas.

08

(fonte e imagens: organizesuavida.com.br/)