Tapioca, um alimento tão falado nos últimos anos, super em alta. Muitos deixando de consumir o famoso e típico pãozinho das refeições em troca da tapioca. Por que será?

A tapioca já existe há muitos anos, mas não era de grande hábito e cultura da nossa região. Conforme estudos e mais estudos são realizados, a ciência descobre suas propriedades nutricionais e consegue “misturar” as diferentes culturas agregando inúmeros valores nutricionais.

Ela é feita com a fécula extraída da mandioca, que é chamada de goma. Nos últimos meses estourou nas mídias no cenário saudável e fitness, por tratar-se de um alimento livre de glúten, proteína que colabora para ‘inflamar’ o organismo e acumular gordura abdominal.

tapioca_dica_nutricao

 

Pode ser consumida tanto por pessoas alérgicas, como também por qualquer pessoa sem restrições. Diferente do pão que possui em sua preparação a farinha, consequentemente maior quantidade de glúten e calorias.

A tapioca possui em torno de 70 calorias e pode substituir o pão matinal que possui em média 140 calorias. Outra característica interessante, a tapioca possui alto índice glicêmico (IG). Para vocês entenderem, todo carboidrato consumido vira açúcar no sangue, a velocidade com que esse açúcar se eleva chamamos de IG. Dessa forma. quanto maior o IG de um alimento, mais rápido ele é absorvido na forma de glicose, aumentando a glicemia. Esse índice é importante para quem faz dietas de redução de peso e quem tem diabetes, quanto menor o IG, melhor.

Ela pode ser uma ótima alternativa para pré e pós treinos, devido ao alto IG, já que é digerida e fornece energia mais rapidamente para quem vai iniciar o treino ou precisa se recuperar no pós treino.

Comparada ao pão, possui baixo teor de sódio, sendo livre de gorduras e açúcar, pois em sua preparação somente leva farinha e água, não possui açúcar e nem gorduras – ou seja, noivinhas que querem dar uma “secada” ela pode ser uma grande aliada em seu cardápio!

Para ajudar vocês, aqui vão alguns exemplos de recheios para acompanhar as refeições:

 

Café da manhã

– Queijo cottage, tomate picado e azeite (pode optar somente pelo cottage)

– Ricota temperada

– Peito de peru, queijo branco light e orégano;

– Ricota ou queijo minas light e geléia diet;

– Qualquer fruta aquecida no microondas + canela em pó (fica deliciosa para quem gosta de doce logo cedo)

 

Sugestão de preparo da sua tapioca para o café da manhã!

Sugestão de preparo da sua tapioca para o café da manhã!

Com banana e canela ... deu água na boca!!!

Com banana e canela … deu água na boca!!!

Almoço

– Peito de frango desfiado com cottage (fazer uma “pasta”)

– Mussarela light, tomate picado, manjericão fresco e azeite

– Ovo mexido

– Atum light com cenoura ralada

– Queijo cottage, cubos de peito de peru, salsa picada e azeite .

 

Com pasta de frango e uma saladinha verde: opção super saudável para o almoço!

Com pasta de frango e uma saladinha verde: opção super saudável para o almoço!

Podemos incrementar conforme o gosto e a dieta de cada um. Uma dica é colocar sementes e fibras nos recheios, por exemplo chia, farelo de aveia, linhaça entre outras.

Não esquecendo de um super detalhe, cada pessoa tem necessidade diferentes. Tapioca é carboidrato, todo carboidrato em excesso engorda. A quantidade na preparação é muito relativa, vai de 1 colher de sopa até 4 colheres ou mais. Controle e orientação são chaves fundamentais para dieta!!!!

Ótima semana para todos!!

(imagens: cozinhafit.com.brblogdalini.com.brveganizandonacozinha.blogspot.comsevirandosozinho.blogspot.com)

A Dra. Gabriela Ghedini é nutricionista – CRN 3- 24422, especialista pela Escola Paulista de Medicina e Nutricionista da Clínica Genesis (Av Ibirapuera, n 2315 8 andar. Tel: 5083-4933)