Um dos destinos mais procurados pelos casais, sem dúvida é a África do Sul, paisagens exuberantes, emocionantes safáris, excelentes vinhos e charme sem igual – assim é a África do Sul, um dos destinos mais encantadores do mundo.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa

Emoldurada por cenários deslumbrantes que vão de montanhas, planícies e praias a florestas e desertos, sua riqueza cultural está na variedade étnica – uma mescla de povos nativos africanos, europeus e asiáticos.

Além disso, os parques onde a vida selvagem encontra seu refúgio perfeito, as românticas vinícolas criadas pelos primeiros colonos europeus e os modernos centros urbanos fazem da África do Sul um destino surpreendente.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa1 Lua_de_mel_teresa_perez_africa2

Por tudo isso resolvemos fazer uma série especial falando de alguns lugares para você não deixar de ir se esta também for a sua escolha e portanto, não poderíamos deixar de começar por Cape Town.

Não importa de que lado se contemple, a paisagem é arrebatadora. As cafeterias à beira-mar dão vista para a monumental Table Mountain. Na perspectiva oposta, os mirantes na montanha apontam para a imensidão cintilante do Atlântico. Cape Town surge dentro dessa generosa moldura natural. Uma cidade africana e ao mesmo tempo do mundo. Lojas, bistrôs, museus e galerias de arte de alto nível dão-lhe o tom cosmopolita.

Todos os dias, pontualmente ao meio-dia, Cape Town ouve um tiro de canhão, disparado do alto de uma montanha – tradição que a cidade, com orgulho, mantém há mais de 200 anos.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa3 Lua_de_mel_teresa_perez_africa4

Para se hospedar, são duas as opções recomendadas pela Teresa Perez Tours (clique): um o cape Grace (que já postamos – clique para ler) e o outro, o Cape Cadogan.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa5

Por fora, um palacete do século 19 em estilo georgiano, cercado de jardins muito bem cuidados. Por dentro, um hotel boutique elegante e contemporâneo. O ambiente é de total tranquilidade. O Cape Cadogan tem apenas 12 suítes, além de uma suíte presidencial, e fica numa rua residencial de Gardens, bairro com boutiques e restaurantes frequentado mais pelos moradores de Cape Town do que pelos turistas – eu adoro esta opção de estar em um lugar onde as pessoas que habitam a cidade estão! Você acaba conhecendo um lado mais intimo que às vezes é mascarado pelas ofertas aos turistas!

Lua_de_mel_teresa_perez_africa6 Lua_de_mel_teresa_perez_africa7

De qualquer forma, não dá para negar: alguns passeios temos que fazer, sendo eles de turistas ou não, não é mesmo!? A recomendação é não deixar de conhecer:

– o Waterfront: No passado, o porto de Cape Town era cinzento, desinteressante, degradado. Um ousado projeto urbanístico nos anos 1990 conseguiu transformá-lo na área mais viva da cidade. Hoje, o Waterfront convida para jantar, fazer compras (no Cape Quarter), assistir a grupos de música africana ou simplesmente observar o vaivém de iates.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa8 Lua_de_mel_teresa_perez_africa9

– a Table Mountain: Quem toma o bondinho até o topo da Table Mountain torce por céu limpo. Assim, tem vista livre para a cidade e o oceano. Mas quem observa de baixo prefere nuvens. Ao sabor do vento, elas dão a impressão de que a montanha está coberta de neve ou é um vulcão que derrama lava branca.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa10

– Cape of Good Hope (Cabo da Boa Esperança): Situado no extremo sul da península está o Cabo da Boa Esperança, parte do Cape Peninsula National Park que compreende mais de 7.700 hectares de colinas, trilhas para caminhadas e praias desertas. O Cabo da Boa Esperança é popularmente conhecido por ser o local de encontro dos oceanos Atlântico e Índico. Mesmo no auge do verão é recomendável levar um casaco, pois venta muito na região. Ainda na península, visitantes podem subir no mirante do Cape Point e admirar a bela vista.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa11 Lua_de_mel_teresa_perez_africa12

– The Old Biscuit Mill: neste amplo espaço você encontra incríveis coleções de arte, artesanato, lojas de moda e design, além de restaurantes, feiras gastronômicas com muita variedade e produtos orgânicos. O ambiente é descontraído e agradável, ideal para passear e provar iguarias. Aqui, vale reservar uma hora para conhecer o The Test Kitchen, o restaurante-conceito do celebrado chef Luke Dale-Robert serve intrigantes combinações de sabores em pratos que são verdadeiras obras de arte em ambiente elegante.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa13

The Test Kitchen e o chef Luke Dale-Robert.

The Test Kitchen e o chef Luke Dale-Robert.

Em meio a tudo isso, alguns restaurantes valem a pena! Eu adoro conhecer restaurantes quando viajo e adoro anotar dicas de onde ir para esses momentos! Anote aí:

– The Pot Luck: Um dos melhores restaurantes da cidade. The Pot Luck serve especialidades locais e variedades internacionais. Atendimento descontraído, assim como o ambiente. O restaurante possui excelente carta de vinhos. Informações: Albert Road, 373-375. Old Biscuit Mill. End. Tel. 021 4470804

– The Bungalow: Em ambiente extremamente descontraído, decorado em tons de azul e branco, o The Bungalow é o local perfeito para saborear pratos de culinária contemporânea com incríveis vistas para o mar. Aberto no final de 2011, o local é muito badalado, e fica em frente à praia onde pousam paragliders. Informações: Glen Country Club. 3, Victoria Road. Camps Bay. Aproximadamente 10km do centro de Cape Town. Tel: 27 21 4382018.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa15

– Harbour House: Situado na bela Kalk Bay (a aproximadamente 30km ao sul de Cape Town), oferece aos visitantes belíssimas vistas para a baía, o porto e as montanhas. A culinária simples e saborosa, de origens francesa e mediterrânea, é preparada com os mais frescos ingredientes. Informações: Main Road. Kalk Bay. Tel: 27 21 7884133.

Lua_de_mel_teresa_perez_africa16

No próximo post de lua de mel, continuamos com a África Do Sul para juntos desenharmos um roteiro para vocês por lá!!!!

(imagens: teresaperez.com.br; degustarvinhos.blogspot.com)

assinatura_tpt (3)