Hoje vou mostrar 3 mesas para você se inspirar e tentar fazer em casa! As mesas da exposição do D&D Shopping, são inspiradas no 4 de julho dos Estados Unidos – que você pode usar em uma noite de cachorro-quente e hamburguer para as crianças – no Dia da Bastilha da França – para um queijo e vinho ou um jantarzinho entre amigos – e um Luau do Havaí – qualquer festa no jardim, na casa de praia ou ao lado da piscina neste verão, não é mesmo!? Vamos à elas!!!!

ESTADOS UNIDOS – FORTH OF JULY / QUATRO DE JULHO por ANDREA GONZAGA

“Buscamos imagens da festa americana de 4 de julho, onde vemos ambientes ao ar livre, nos parques, com as cores americanas em profusão. Isto nos lembra muito os terraços dos edifícios, que temos trabalhado tanto, com churrasqueira, mesas e bancos de madeira, paredes verdes, enfim, tudo trazendo um aspecto de área externa, de jardins, para dentro dos apartamentos das grandes cidades!”

exposicao mesa decoradas shopping d&d, mesas decorada andrea gonzaga exposicao mesa decoradas shopping d&d, mesas decorada andrea gonzaga

A FESTA

O Dia da Independência norte americana, o popular 4 de julho, comemora o fim do domínio britânico nos Estados Unidos e a assinatura da Declaração de Independência do país em 1776. A festa tem como tradição acontecer ao ar livre e sempre com fogos de artifício, além de vários desfiles, churrascos, picnics, concertos a céu aberto e jogos de baseball.

As casas, ruas, mesas e roupas são decoradas com bandeiras dos Estados Unidos e temas nas cores da bandeira norte-americana, o azul vermelho e branco. Listras, estrelas e uma ambientação pensada para céu aberto dão o toque da mesa festiva.

É uma celebração de amor à pátria que reúne famílias e amigos em volta de fogueiras para esperar o início do show pirotécnico, precedido por uma salva de tiros (um para cada Estado americano). É costume também relembrar canções patrióticas como “GodBlessAmerica” (Deus Abençoe a América) e a divertida “YankeeDoodle”,que originalmente era uma rima irônica cantada pelos ingleses para os “yankees” americanos e acabou se tornando uma forma de revidar a brincadeira após a independência das colônias.

FRANÇA – DIA DA BASTILHA por MEYERCORTEZ ARQUITETURA

“Para celebrar o tradicional Dia da Bastilha na França, nos inspiramos na nobreza e nas cores deste país, usando uma linguagem clean e atual”

exposicao mesa decoradas shopping d&d, mesas decorada meyer cortes arquitetura exposicao mesa decoradas shopping d&d, mesas decorada meyer cortes arquitetura

A FESTA

O Dia da Bastilha é a grande festa nacional francesa, comemorada no dia 14 de julho, dia da tomada da Bastilha, início da Revolução Francesa. O que poucos sabem é que a data é, oficialmente, a celebração da Festa da Federação, realizada em 14 de julho de 1790, um ano depois da queda da Bastilha, considerada muito agressiva para ser comemorada na época.

A decoração temática inclui bandeirolas pelas ruas e casas e evóca as cores da bandeira nacional, azul branco e vermelho, assim como símbolos franceses a exemplo da torre Eiffel, a flor de lis e inspirações que podem vir da Provença tradicional ou da moderna Paris.

O evento tem início com a famosa parada militar — a mais antiga e maior da Europa — na famosa Champs-Élysées em Paris, acompanhada de fogos de artifício e seguida de bailes populares em toda a França. Imortalizada pelo pintor Claude Monet em um quadro, a festa estende-se por toda a França, com direito a longas refeições comunitárias e um amplo leque de pratos da afamada cozinha francesa, incluindo quiches, pães, queijos e pratos a base de manteiga e ervas.

 

HAVAÍ – LUAU por ROCHA ANDRADE ARQUITETURA em homenagem a GISELE FRAGA

“Nos inspiramos no clima tropical, com folhas de bananeira na mesa, cores bem vibrantes e alegres: uma mesa despojada, natural e praiana, como a Gisele Fraga.”

exposicao mesa decoradas shopping d&d, mesas decorada CRISTIANE SCHIAVONI  exposicao mesa decoradas shopping d&d, mesas decorada CRISTIANE SCHIAVONI

A FESTA

Até 1819, homens e mulheres faziam suas refeições separadamente –e as mulheres eram proibidas de comer certos alimentos. Estes tabus foram abolidos pelo rei havaiano Kamehameha II em uma grande festa ao ar livre, dando origem ao primeiro Luau.

Durante a celebração, os alimentos são tradicionalmente servidos no chão –em muitos locais permanece o costume de usar folhas como toalhas e apoios, e toda a comida é consumida com as mãos, sem talheres. A mesa havaiana tem forte apelo tropical, com detalhes que lembram o mar, olei (famoso colar de flores que tornou-se sinal de boas vindas a quem chega ao arquipélago) e as floridas estampas havaianas, sempre de cores fortes.

Luau também é o nome do prato principal da festa, feito a base de frango ao molho de coco assim como o poi, feito de raízes de taro (inhame da região). Sinônimo de festa no Havaí, marca presença em casamentos, formaturas e aniversários e vem acompanhado de danças típicas como a hula, música tradicional havaiana, com a presença obrigatória do ukulele, a guitarra havaiana, e os tambores.

(clique aqui e veja o primeiro e aqui para o segundo post das mesas que estão em exposição)

Serviço:

D&D Shopping – Piso Superior

Av. Nações Unidas,12.555 – Brooklin

Coquetel: 12 de novembro

Exposição até 15 de dezembro. Entrada gratuita