AmareloOuroPor Thais Decoussau

Retificando!!!!!!!!

Amo Noivas, Dicas de Ouro, Papo de Noiva, Servir Bem 8 de outubro de 2013

Meninas, no Papo de Noiva da semana passada (clique para ler) escrevi que pedi as caixas de degustação de doces em casa e até aconselhei vocês a fazerem o mesmo que foi super gostoso fazer dessa forma. Foi isso mesmo, mas estou recebendo algumas perguntas e emails de leitoras que disseram ligar para algumas doceiras e não conseguiram as caixas.

Para vocês entenderem, a grande maioria não manda a caixa sem uma taxa de entrega + valor dos doces. Caso elas falem para vocês que degustação só no Atelier, ou mediante pagamento, é super normal.. é isso mesmo que acontece! Imaginem se elas não cobrarem essas caixas?!

Por mais que essas profissionais estejam lidando com noivas que estão realizando seus sonhos, existe um custo de produção para que este sonho seja realizado não é mesmo!?

A Nininha Sigrist (clique) e a Pati Piva por exemplo, entregam as caixas mediante o deposito que comentei e caso a noiva feche com elas, o valor da caixa é descontado do pedido!

Se você não quiser pagar este valor, deve ir até o Atelier e realizar a sua degustação normalmente .. fica à seu critério!

Espero que tenha esclarecido as dúvidas de vocês!!!! Seja qual for a sua escolha, continua valendo a pena fazer as degustações e curtir cada momento da preparação do seu casamento, viu!?

(imagens via Facebook: Nininha Sigrist)

Dicas para a escolha do seu coral

Amo Noivas, Dicas de Ouro

Eu já comentei com vocês em nosso Papo de Noiva (clique para ler a série) como foi a minha ida até o escritório do Coral Del Chiaro (clique) para o meu casamento.

Aproveitando o contato pedi para que eles me mandasse várias dicas que aos poucos vou publicando aqui para ajudar vocês nesse processo!

Antes de falar da escolha das músicas, acho importante falar da escolha dos músicos. Eu fui direto no Coral Del Chiaro por eles terem feito o casamento do meu irmão e de outros amigos que foram lindos! Mas se você ainda está na dúvida, eles preparam algumas dicas para você sentir segurança na hora da escolha! Aqui vão as dicas de Rita del Chiaro (sócia da empresa):

“1- Faça uma pesquisa via internet, avalie o site, escute os áudios apresentados, assista os vídeos, conheça a estrutura da empresa e solicite um orçamento por e-mail. Normalmente, quanto mais especializada a empresa for em um único serviço, melhor a qualidade do trabalho musical.

2- Selecione os orçamentos que lhe interessarem (desconfie de preços muito baixos) e faça um contato telefônico. Nesse contato elimine aqueles que não atenderam suas ligações, os que os telefones caem numa caixa postal e também os são atendidos com o velho e simples “alô”.

3- Faça uma visita ao escritório de atendimento da empresa para conhecer a estrutura “física” do Coral e Orquestra. Desconfie daqueles que lhe oferecerem para atender em domicilio. Caso a empresa não possua escritório próprio, pergunte se você pode ir até a residência do músico e confirme o melhor horário para não atrapalhar a rotina da casa dele.

4- Peça a agenda de eventos do coral e vá ver uma apresentação ao vivo. Esse item é fundamental para você avaliar a competência e a estrutura da empresa. Tente agendar para ver mais de um coral no mesmo dia, isso vai lhe ajudar bastante a comparar o som de um para outro. Se conseguir assistir os dois corais na mesma igreja, é melhor ainda!

5- Pergunte sobre o repertório que o Coral e Orquestra possui e peça para ver vídeos e gravações das músicas inteiras. Muitas vezes o pessoal seleciona apenas um trecho da música (que ficou melhor) e corta a partes que não ficaram muito boas. É essencial que você ouça e veja as músicas que pretende escolher tocadas pela empresa que está selecionando, principalmente se for uma música moderna ou arranjo fora do padrão. (muitas empresas conceituadas têm centenas de opções de músicas para escolher)

6- Caso sua cerimônia não seja na igreja é essencial que seja feita a “sonorização”, que nada mais é do que a amplificação dos instrumentos para que o som saia nas caixas e todos os convidados ouçam de maneira igual. Pergunte se esse serviço está incluso ou se você terá de contratar separadamente.

7- Peça indicação dos profissionais de sua confiança e de amigos que já se casaram. É muito importante que você faça o cruzamento de indicações, perguntando para o fotografo, cinegrafista, decorador, etc sobre o coral e orquestra que está cotando, pois eles poderão ajudar a indicar e dar referências sobre as melhores empresas do segmento.

8- Certifique-se de que o responsável pela empresa é músico formado, com faculdade de música, ou se apenas “agencia” músicos. Somente um músico profissional com experiência poderá lhe orientar com os arranjos personalizados, sugestão de montagem devido acústica do local e pacote adequado para sua cerimônia.”

Outra dica muito legal que peguei com eles é em relação ao maestro .. você pode achar à principio algo desnecessário, mas não é!!!

“Na cerimônia de casamento, a importância do maestro é ainda mais notável. A imprevisibilidade da duração de cada momento (entrada de padrinhos, noivo e noiva, cumprimentos, entre outros) exige do maestro muita experiência para que a música se encaixe perfeitamente no tempo. Essa função não deve estar delegada a um músico que esteja ocupado em tocar seu instrumento, pois é necessário que o maestro tenha suas mãos livres e esteja pronto para agir imediatamente em algum imprevisto. Música ao vivo é ainda mais emocionante e impactante, mas exige atenção redobrada, pois o erro não poderá ser corrigido após a cerimônia. Todo cuidado é necessário e o maestro está à frente para garantir que a música torne seu casamento maravilhoso e inesquecível.”

Festa das Calopsitas

Amo Mães, Decoração, Festas

Para inovar a festa dos passarinhos, a Pequenos Luxos (clique) resolver inovar com o tema e enfeitou a mesa com calopsitas! Adorei o resultado, super delicado! Continuaram os tons leves, o floral e as malinhas coloridas para enfeitar a mesa .. dessa vez com calopsitas no bolo e nas peças decorativas em louça!

 

Ficha Técnica:

Decoração, identidade visual e flores: Pequenos Luxos

Fotografia: Carolina Almeida Fotografia

Bolo: Bolos Decorados Lu Lazoski

Calopsita em biscuit: Maria Cria

Balões: Lolli Popméier

Pompons de papel: Toque que encanta

Doces: Mônica Henrici Bolos Artísticos

Cupcakes: Raquel Russo

Receita que vale ouro: Aligot do D.O.M.

Amo Casa, Servir bem

Um dos restaurantes mais tradicionais e famoso de São Paulo é o D.O.M. do premiado chef Alex Atala. Ele há alguns anos figura na lista dos melhores restaurantes do mundo! Em 2012 esteve em quarto lugar e 2013 em sexto lugar na lista divulgada pela revista inglesa Restaurant da premiação do que é considerado o Oscar da culinária!

Bom, ele não é um restaurante qualquer, é uma experiência gastronômica que se paga muitooo bem por ela! Independente do valor que é cobrado e etc, para estar nesta lista tem que ser muito bom, imagine estar entre os 10 primeiros?!

Um dos pratos imperdíveis de lá, na verdade é servido como prato transição, mas o sucesso é tanto que vale pedir como entradinha .. ehehehehe .. estamos falando do ALIGOT. Na verdade é um purê de batas onde se adiciona queijos e a textura fica igual a de um chiclete! Para ser servido em sua mesa, o garçom faz um movimento com duas colheres que parece um puxa-puxa … e o sabor é de outro mundo!

A receita é francesa, da região dos Alpes e segundo o próprio chef Alex Atala, difícil de ser encontrada na França!

Achei nas minhas pesquisas da internet e compartilho com vocês porque o prato realmente vale a pena! Vale dizer que não é a receita original! Alex Atala deu uma brasileirada e acrescentou queijo minas .. um espetáculo! Você pode servir como entrada, ou como acompanhamento de uma carne.

Ingredientes – Purê de batata:

-1 kg de batatas rosenthal

– 200 ml de creme de leite fresco

– 100 ml de leite tipo A

– 45 g de manteiga

– Sal e água

 

Modo de preparo – Purê de batata:

– Cozinhe as batatas em água com sal até começarem a abrir.

– Descasque-as ainda quente e esprema as batatas no passador de legumes e depois em uma peneira bem fina.

– Numa outra panela aqueça a manteiga, o creme de leite e o leite.

– Acrescente as batatas amassadas e cozinhe em fogo bem baixo por aproximadamente 20 minutos.

 

Ingredientes – Aligot:

– 200 g de Purê de Batata

– 100 g de queijo Minas padrão ralado

– 100 g de queijo gruyére ralado

 

Modo de preparo – Aligot:

– Em uma panela pequena, aqueça o purê de batata, em fogo baixo. Acrescente os queijos ralados, alternadamente começando pelo queijo Minas padrão e, vá acertando o ponto, enquanto mexe energicamente com uma colher de pau, até que esteja liso e elástico. Está pronto para servir.

Dica importante: tudo deve ser feito em fogo baixo para que a bata e o queijo não entalhem! Paciência durante fazer a mistura do queijo e purê também é muito importante!!!

 

(fonte: prazeresdamesa.uol.com.br)

Casamento super moderno

Amo Noivas, Decoração

Eu vejo, recebo, procuto fotos de festas e casamentos todo o dia, o dia todo!! Estou sempre atrás de novidades para poder mostrar aqui  para vocês!

Quando vi as fotos deste casamento, logo pedir para mostrar pois sem dúvida é uma das decorações mais diferentes que já vi!! Achei até que seria polêmico pois pode ser conceitual e moderno demais! Uma decoração que talvez nem todos gostem, mas a criatividade do projeto de Renata ChapChap (clique) deve ser considerada aqui!!!! Além dos arranjos suspensos que estão cada vez mais e mais presentes, ela usou quadros pendurados pelo salão da Casa Fasano!! Mesa com arranjos modernos, lustres aramados e uma mesa de doces toda espelhada com vidros e o vermelho predominando!