Bom gente, como eu comentei com vocês no outro post, comecei planejando meu casamento, pensando nos profissionais que não abriria mão!! Aqueles serviços que dependem da parte técnica mas principalmente do olhar humano e da sensibilidade, onde não dá para substituir o profissional, sabe?

Por isso, depois que fechei a filmagem, corri para ver a agenda das fotografas! Deu tudo certo, a Cissa Sannomiya da Flavia e Cissa Fotografia (clique) tinha a data e lá fui eu e minha mãe-companheira fazer a reunião!

Vimos vários álbuns para conhecer mais o olhar dela … que eu já conhecia e adoro! Ela faz um trabalho de foto-jornalismo sem deixar de lado as fotos protocolares e o que mais gosto é conseguir perceber emoção, olhares e sentimentos nas fotos dela! As fotos são lindas, a luz, os momentos…adoro e acho que isso que você deve analisar quando for escolher a sua fotografa! Muito importante entender o olhar, o tipo de foto, a luz …

Fechando o serviço, temos que decidir a quantidade e os tipo de de ampliações. E aí, principalmente se deve pensar no tipo de álbum …

São dois os tipos que hoje encontramos no mercado:

– foto livro onde a foto é impressa com ou sem laminação (uma proteção à mais) e uma diagramação especial é feita. A foto pode ter o tamanho total da página, ela é a própria página. existem pessoas que fazem o álbum com alguns efeitos, onde as fotos podem se sobrepor. Em relação ao orçamento é um pouco mais alto porque pede um serviço de designer para a diagramação das fotos.

– álbum tradicional onde as fotos são coladas como em um paspatur e entre as páginas se pede folhas de papel de seda entre cada uma delas. Aqui a própria fotografa faz a montagem do álbum.

É muto pessoal, eu acabei optando pela foto colada.. acho mais tradicional, acho com mais cara de “estou contando uma história”, sabe? Eu prefiro o álbum de couro, para ficar na mesa da sala, por exemplo .. como uma peça decorativa … Também acho lindo pensar que as folhas vão ficar com marcas do tempo, de álbum visto, momento revivido … ehehehe… onde vai a cabecinha dessa blogueira que vos fala, né gente!??

O que a Cissa me disse é que não há nenhuma comprovação de que o foto-álbum dure mais do que as fotos … ainda é um processo novo, que obviamente possui uma proteção a mais pela laminação, mas que não podemos afirmar 100% que ele vai durar mais que as fotos!

Bom, pensando nisso, acabei escolhendo o álbum tradicional e se por acaso eu ainda quiser o outro tipo por qualquer motivo, comprei o cd com as fotos digitais do casamento. Ou seja, vou receber meu álbum lindo e romântico e as fotos em um cd para poder escolher caso queira fazer outras ampliações para porta-retratos e etc! Acho uma boa porque se de repente você quiser dar umas fotos de presente para seu pais e sogros, você pode fazer as ampliações depois!

Como disse é gosto pessoal, eu gosto da foto, mesmo sabendo que o álbum pede alguns cuidados especiais (clique aqui para ler o post sobre o assunto) … vocês devem pensar o que gostam mais, ver os álbuns prontos com calma e decidir .. a recordação é para toda a vida, né?! Vale para e olhar com calma!!!!

(imagens: flaviaecissafotografia.fot.br/; fotolab.com.br; lucaslermenblog.com; fotografocasamento.com)