Hoje vou escrever aqui para vocês duas receitas muitoooo fáceis e otimas!!! Fiz na semana passada, em um jantar em casa e foi um sucesso!!!

Todos adoraram, é leve e ainda te permite servir com charme, sabe?

Podem anotar e servir na próxima vez que quiserem fazer algo diferente em casa que vocês não vão fazer feio!!! Vamos lá!!!

Começando pela salada, fiz a SALADA DE QUEIJO DE CABRA QUENTE. O charme aqui é que você pode montar pratos individuais para servir, é uma delicia!!!! Não é à toa que é uma dica do chef francês Erick Jacquin.

Ingredientes:

– 280g de queijo de cabra,

– 4 fatias de brioche (ou de pal de forma sem casca – eu usei o pão de forma, cortei no tamanho da rodela do queijo de cabra e ficou uma delicia!!),

– pimenta do reino branca à gosto,

– 15 g de farinha de rosca,

– 30 ml de vinagre tinto,

– 100 ml de azeite de oliva,

– 30 g de mostarda Dijon,

– 200 g de folhas verdes.

 

Modo de fazer:

– Corte o queijo de cabra em 8 rodelas de 1,5 cm de largura e 5 cm de diâmetro. Coloque-as sobre as fatias de brioche cortadas do mesmo tamanho das rodelas. (não tinha o brioche, usei o pão de forma e deu tudo certo! Podem substituir!)

– Coloque uma pitada de sal, salpique a pimenta e a farinha de rosca.

– Leve ao forno a 180 graus por cinco minutos ou até gratinar e reserve.

– Faça o molho misturando o vinagre, o azeite, a mostarda e o sal. Rasgue as folhas e regue-as com o molho.

– Na hora de servir arrume as folhas em um prato e coloque 2 porções de queijo ao lado por prato.

 

Para o prato principal, servi uma receita de SAINT PETER EM PAPILLOTE COM TOMATE FRESCO. Além de ser charmoso pois os “pacotinhos” são individuais e quando o convidado abre, vem todo o perfume das ervas no ar!!!! Além disso, como em cada papilotte vão batatas e alcachofras, acaba sendo um prato único, sem necessidade de acompanhamentos. Esta receita original é com robalo, mas como logo depois da Pascoa não tinha peixe fresco em lugar nenhum, acabei adaptando e ficou super saboroso! Bom, não podia ser diferente, né?! Além do prato só ter ingredientes gostosos, é uma receita do chef Edinho Rangel do restaurante Manacá em Camburi – aliás, se você não conhece, vale a pena conhecer.. é incrível!! Ambiente e cozinha de tirar o folego!

Ingredientes:

– 6 filés de Saint Peter com cerca de 200 gramas,

– sal e pimenta-do-reino a gosto,

– 6 tomates sem pele e sem sementes cortados em cubo,

– 3 dentes de alho bem picados,

– 4 colheres (sopa0 de azeite,

– 6 azeitonas (verdes ou pretas) cortadas em rodelas,

– 1 ramo de tomilho,

– 1 colher de sopa de manjericão,

– 1 colher de sopa de cebolinha

– papel-manteiga,

– 6 fundos de alcachofra,

– 12 rodelas de batas cozida.

 

Modo de fazer:

– Tempere o peixe com sal e pimenta do reino e reserve. Refogue o tomate com o alho em duas colheres de azeite por três minutos, retire do fogo e misture com as azeitonas, as ervas e o restante do azeite.

– À parte, corte 6 pedaços de 40 cm de papel-manteiga, unte com azeite e, em cada um, coloque um fundo de alcachofra, duas rodelas de batata e uma posta de peixe. Eu coloquei mais de 1 rodela … coloquei umas 4 bem fininhas.

– Por cima de cada peixe, distribua o tomate com as ervas, feche o papillote e asse por 20 minutos. Você também pode assar na churrasqueira, basta usar uma tampa para abafar.

Aqui algumas ideias de como fechar o seu papillote: 1. folha cortada em coração, 2. fechamento com linha de cozinha, 3. retangular.

(receitas publicadas na Revista Estilo de Vida/ outubro de 2006)