Continuamos na capital dos paulistanos e vamos mostrar mais igrejas lindas e charmosas para quem está pensando em casar e ainda não escolheu sua igreja.

Quem optar por fazer uma cerimônia mais reservada, mas tradicional pode muito bem se identificar com a  Igreja São José do Jardim Europa, que comporta o máximo de 200 pessoas sentadas. Localizada na Rua Dinarmarca, 32, Jardim América. Os casamentos aconteçem de terça a sábado e só a pracinha onde é localizada já vale .. super-charmosinha!!

(paroquiasaojose e agcerimonialista)

(gonçaloproduções)

(Sergio martins fotografias)

(casamentos&detalhes)

A Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, situada no Jardim Paulistano, Rua Honório Líbero, 100 também tem o charme de estar em uma pracinha. Tem capacidade para acomodar até 300 pessoas em seus bancos. Construída há mais de 50 anos por missionários redentoristas, abriga em seu interior os afrescos de Sansor Flexor, famoso pintor romeno-franco-brasileiro.

(planejandocasamento)

(gonçaloproduções e perpetuosocorro)

(rossanedecorações)

Uma das mais tradicionais da capital, a Paróquia São Paulo da Cruz, Igreja do Calvário está localizada no bairro Pinheiros, Rua Cardeal Arcoverde, 950. Inaugurada em 1930, possui o altar inspirado no estilo romano barroco e seu campanário só foi concluído no ano de 1935. A igreja, devido à sua arquitetura, apresenta baixa luminosidade interior, o que confere um ar mais intimista à cerimônia. Ela é maior que as outras e comporta ate 600 pessoas no alto de suas escadarias!!

(paroquiadocalvario)

(Moura mori fotografia)

(Moura mori fotografia)

(gonçaloproduções)

Aqui dá para notar a iluminação que a igreja oferece ao casamento, o clima “escurinho” é em razão do pé direito alto.

(Patrícia navarro/mapaphotos e Fernando Paes)

Igreja São José-Fone:  (11) 3082-2677
Igreja Perpétuo Socorro-Fone: (11) 3081-3446
Igreja do Calvário-Fone: (11) 3085-1307

*Não temos autorização pelas fotos publicadas, caso seja o fotógrafo ou tenha sua imagem exposta através das fotos, entre em contato conosco que a retiramos do ar.